blog da Jac


Blog

03/02/2015 22:43

Se meu JAC falasse: Maracaípe vista por um novo ângulo

MARACAÍPE VISTA POR UM  NOVO  ÂNGULO.

Mais uma vez, pegamos a estrada!  Acomodamos-nos em nossa nave JAC J3 vermelho e partimos rumo ao pontal de Maracaípe, uma das belíssimas praias do litoral Pernambucano. Já fomos várias vezes à “Maraca” como é conhecida principalmente pelos surfistas e praticantes de outros esportes aquáticos.  O vento forte e altas ondas proporcionam um cenário meio” havaiano” à nossa bela praia.  Mas, na verdade nesta matéria, queremos mostrar Maracaípe de outro ângulo, com outra visão. O Pontal De Maracaípe fica à 72 quilômetros do recife, cerca de 01:25 minutos, podendo ser até em menos tempo, dependendo de como esteja o trânsito.  Mar azul, ondas que quebram na beira mar, sol escaldante, um mangue rico e preservado, reserva de proteção e preservação do cavalo marinho, bar dentro do rio, uma verdadeira sinfonia de bem-te-vis no fim da tarde, um pontal maravilhoso que faz a junção das água do mar com as águas do rio Maracaípe , que também separam Maracaípe da praia de Serrambi e um pôr do sol inigualável.  Estes são alguns motivos para você visitar esse paraíso ao lado de porto de galinhas.Talvez você já tivesses ido à Maracaípe, mas assim como eu, não prestou atenção nas belezas do local.

JO: Obrigada, Senhor! Tudo aqui é maravilhoso. Obrigada por esse final de tarde glorioso, pela paz que ele emana, pela beleza que ele nos proporciona!

Talvez seja a praia que possui a água mais azul/turquesa do litoral de Pernambuco, cenário maravilhoso para ser contemplado em todos os momentos, as águas rasas cristalinas deste local faz com que andemos pelo pontal mar à dentro por mais de 300 metros.  E, isto pode acontecer exatamente na junção do mar com o rio Maracaípe, é fantástico, olhando do oceano para o continente se tem uma visão encantadora da divisão das águas.  Rio e mar separa Maracaípe com suas pranchas e esportes aquáticos de Serambi com suas luxuosas mansões, lanchas e praias desertas, quase, particulares.

JO: Que delícia! A água é morna e cristalina. 

 

  No pontal de Maracaípe você pode fazer um passeio inesquecível de jangada pelo rio Maracaípe e ver o quanto é belo. A preservação do mangue é ponto essencial para os pescadores e moradores da região, pois a riqueza do manguezal (que é o berçário, a maternidade do mar) alimenta várias espécies, inclusive o frágil e belíssimo Cavalo Marinho, nesse mesmo passeio você pode parar no bar do galo, que é um bar dentro do rio, é muito louco, você tomando uma cervejinha com água até a barriga, no bar do galo tem iguarias tanto do mar quanto do rio  como siri, aratu, mariscos, caranguejos,peixes e muito mais. 

 JO: Gente, vem para Maracaípe! Tudo isso é maravilhoso! 

Um dos pontos mais fascinantes do pontal de Maracaípe é o pôr do sol.  Imagens para serem guardadas pelo resto da vida imaginem que coisa linda, mar, rio, bancos de areia, jangadas, coqueiros e o sol se pondo com toda a imponência que ele tem, deixando uma incomparável vermelhidão no céu. No pontal praticamos o stand up, que é se equilibrar em uma enorme prancha e deslizar rio à fora com a ajuda de um remo, foi maravilhoso. 

 JO: Minha gente, isso é bem gostoso! mas sou muito medrosa...kkkkkkkkkkk, então, preferi só contemplar.

JO: O Alcides mandou ver...uhuuuuuuuuuuu!

JO: Ele ficou tão empolgado que resolveu arriscar no slackline... seguraaaa, peão! kkkkkkkkkkkk

 

 Esperamos que você também possa visitar e desfrutar de tudo o que o pontal de Maracaípe nos oferece.

 
 
 
Texto:By Alcides Silva
Comentários: By Jacqueline Oliveira ( JO)
Fotos: By Alcides Silva, Jacqueline Oliveira, Luigi Torelli

 

—————

17/01/2015 21:53

Se meu Jac falasse: Barra de Cunhaú e Baia Formosa/RN

À bordo do nosso Jac 3 vermelho, saímos de João Pessoa na Paraíba para mais uma aventura.  O primeiro destino é a praia da barra do Cunhaú no Rio Grande do Norte, para chegarmos lá, saímos pela manhã e pegamos a Br. 101 norte e percorremos cerca de 115 quilômetros até chegarmos em Canguaretama , entramos em uma estrada de mão dupla ao lado do posto BR que dá acesso a barra do Cunhaú.  A pequena estrada é deslumbrante, onde se pode ver várias fazendas de maricultura  (criação ou viveiros de frutos do mar), que dão uma beleza especial ao trajeto.   Percorremos mais 15 quilômetros até o chegarmos ao vilarejo, o que totalizou 130 quilômetros entre João Pessoa e este paraíso chamado barra de cunhaú. 

  Quem chega a este lugar tem uma visão fantástica do encontro do rio cunhaú com o mar. 

 

É simplesmente maravilhoso, vários praticantes de kitesurf davam um espetáculo à parte, com seus equipamentos coloridos e explorando a velocidade que o vento forte proporcionava, eles faziam manobras maravilhosas, inclusive próximo aos banhista que tomavam um banho maravilhoso em águas mornas e de um belíssimo   azul/turquesa. 

 Desfrutamos um pouco deste paraíso, e fomos até o restaurante Solimar, onde fomos muito bem recebidos. 

 No Solimar, o cliente dispõe de uma área diferenciada, com redes para os visitantes descansarem, e se pode passar o dia todo por lá, desfrutando de ótimos pratos, inclusive comemos um camarão maravilhoso.  

Após conhecermos o local, chegou a hora de partirmos, porém antes de sairmos teríamos que pegar a balsa e fazer a travessia.  

O nosso guerreiro Jac 3, atolou na areia fofa da praia por três vezes, o local só passa bugues e carros com tração nas quatro rodas, porém surpreendentemente o Jac 3 mesmo atolando na areia, conseguiu sair e prosseguimos nossa viagem pelas areias do Rio Grande do Norte. 

 Saindo de barra de Cunhaú, após a travessia de balsa, percorremos mais 7 quilômetros pelo areal da fazenda Estrela (de coqueiros).

 Foi PUNK! Adrenalina nas alturas, até chegarmos a outro paraíso chamado baía Formosa (local de gravação de parte da novela flor do Caribe) lá nos aconchegamos na pousada Sobre as Ondas, onde fomos muito bem acolhidos pela proprietária Anely, que podemos definir esta pousada como: “A simplicidade mora ali”.  A belíssima visão de um pedaço dessa baía nos acolhe de tal maneira que o simples vira o belo.

Foi em baía formosa que vislumbramos o pôr do sol mais belo da região, e que vimos até agora. 

 

Logo mais à noitinha a fome bateu e fomos até a soparia e tapiocaria da Zeza, local simples, porém, onde se pode degustar uma sopa maravilhosa, um dos melhores sanduíches que já comemos um cafezinho com leite bem gostoso e para finalizar uma deliciosa tapioca de côco com leite condensado.  

 Ao amanhecer do domingo tomamos o nosso café da manhã, andamos um pouco pela linda orla de baía formosa. 

 

 Por indicação da amiga Anely, fomos para a praia do Sagi. Cerca de 24 quilômetros separa a baia formosa da praia do sagi, porém a estrada é de barro, por dentro de um canavial, que você pode percorrer facilmente sendo guiado pelas placas indicadoras    (no nosso caso, perdemos a indicação da primeira placa e ficamos perdidos no canavial, mas logo um caiçara nos mostrou a direção certa).  

 

O lugar é um verdadeiro paraíso pouquíssimo conhecido, para se ter uma idéia, só tem cerca de 700 habitantes e não dispões de estrada asfaltada para acesso.  Lá você pode dizer que o paraíso ainda existe, pois as praias são desertas, despoluídas e lindas.  O verde das matas está bem próximo do mar, rios e manguezais embelezam todo esse acervo natural da praia do sagi.

 

 

 Foi lá que encontramos uma das figuras mais felizes que já conhecemos, ele é o morador mais conhecido do vilarejo, seu nome é Toreba, a felicidade em pessoa.  Em todo o tempo que estivemos lá, só vimos o Toreba sorrindo, abraçando as pessoas e dizendo seu próprio slogan: “ Aqui é só alegria e o estresse é zero”.  Toreba é proprietário da barraca mais famosa do lugar, onde se podem comer frutos do mar de alta qualidade culinária. 

 

 Toreba também proporciona um belo passeio de canoa pelo manguezal do rio Sagi, que termina com um maravilhoso banho de argila. 

Confessamos que a ida para Sagí não estava nos nossos planos, porém foi a melhor parte da viagem.  E assim, terminamos mais uma aventura... “ SE O MEU JAC FALASSE.”

 
 

Texto: By Cidinho Silva

Fotos: By Cidinho Silva e Jacqueline

 

—————

08/01/2015 15:49

Reflexões da Vida

 

    E de repente a vida te vira do avesso... E você começa a viver com a mesma alegria de sempre. Aprende que ninguém pode tirar o que você tem dentro de si.

    Ao longo da vida nós plantamos sementes que um dia elas irão morrer para germinar. É incrível como arrumamos coragem, forças, ideias e soluções. Parece que o universo realmente conspira ao nosso favor. O mais importante é não desanimar e acreditar que mesmo do avesso talvez esse seja o seu novo jeito de agir. Descobre que muitas pessoas não vão te deixar na mão — isso vai te dar mais força para continuar.

    De repente, num belo dia, eu acordei com um “problemão” nas mãos... No primeiro momento recebi o impacto — fiquei em choque, mas em minha especialidade, não se tem muito tempo para isso! É preciso agir! — Tomei todas as providências que eu podia fazer e depois só podia esperar... É muito difícil esperar, eu sei. Poder-me-ia vitimizar, mas adoro a vida e não ia deixar nada nem ninguém “derramar meu mungunzá”. Fiz como sempre faço, vesti-me com meu melhor sorriso e resolvi esperar, mas sem deixar a vida passar. E ando curtindo e compartilhando a minha alegria de viver, de vencer, de “ser mais eu”.

    É como diz o provérbio: “Não há mal que sempre dure nem bem que sempre perdure”.

    Se você gostou dê um LIKE aqui no Blog para mim!

 

 

Texto: By Jacqueline

Foto: By Luigi Torelli

—————

31/12/2014 13:41

Diário de mais uma aventura

08/11/14-  6:10h :  Bom dia, vida! Começando o diário de bordo de mais uma aventura em nosso JAC vermelho. Rumo a são Miguel dos milagres/AL, praia do Toque. O céu está parcialmente nublado, o sol aparece tímido no meio das nuvens. Estamos saindo do bairro do Espinheiro.

06h40min já conseguimos pegar a estrada, Br101 sul , hoje é sábado, o trânsito não está intenso.

Chegamos a PE 60, o sol começa a surgir, estamos atravessando uma área de canavial de um lado e do outro, é muito bonita esta estrada.

Em Tamandaré a paisagem muda um pouco, temos a mata atlântica em alguns trechos... Pau Brasil, eucaliptos, bambuzais e etc.

Os bambuzais de um lado e do outro vão se curvando e fazendo um túnel, estamos entrando na reserva ecológica de Saltinho... É muito lindo!

Rio Formoso, terra do manguezal.

Em Barreiros, a chuva começou a cair...

08h12min h chegamos  em São José da Coroa Grande, última praia do estado de Pernambuco. O sol voltou a brilhar, graças à Deus! Kkkkkkkkkkkkk

Maragogi, a estrada mudou, muito remendo no asfalto. Estamos procurando pela praia de Burgalhau. Ninguém sabe informar, mas vamos achar!

Entrando numa estrada de barro, cheia de “costela de vaca” ( aquilo que acaba com o amortecedor do carro, kkkkkkk). De um lado e do outro manguezais, passamos por uma pequena ponte de madeira e estamos seguindo sentido restaurante Burgalhau. Muita sujeira no caminho, uma pena! Preservar é preciso!

 08h30minh Que coisa linda... O mar azul turquesa não é a toa que chamam de caribe brasileiro.

Uma pausa para conhecermos o lugar e contemplar a paisagem...

Fizemos uma pausa para conhecer novos amigos... Calixto e Eliane e tomar uma cervejinha, ninguém é de ferro! kkkkkk, 

Mas o Alcides não bebe ele sempre é o amigo da vez.

A viagem segue...

O caminho é muito lindo até Porto das Pedras/AL

 A balsa, algumas pessoas tem medo desse caminho, não vi nada que me desse medo.Mas sempre viajamos de dia e só paramos para tirar as fotos em lugares tranquilos e estamos sempre atentos. Não sei se tem algum fundamento esse medo.

Porto de Pedras/ AL, pausa para conhecer um pouco do projeto peixe boi. Foi toda modificada a estrutura depois do programa do Caldeirão do Huck na Globo.

E seguimos com destino para a Praia do Toque... Quando entramos na estrada de coqueirais da pousada Villas Taturé no som a música começou a tocar...

 
 
Oh happy day (oh happy day)
 
Oh happy day (oh happy day)
When Jesus washed (when Jesus washed)
When Jesus washed (when Jesus washed)
Jesus washed (when Jesus washed)
Washed my sins away (oh happy day)
Oh happy day (oh happy day)

La, la, la, la, la, la, la, la, la...www.youtube.com/watch?v=zrJEE3_2s-k

 

Foi mágico!

E a tarde vai caindo de mansinho...

Fizemos uma sessão de fotos para o blog

 

E a noite chegou... Cheia de encanto e magia, própria para viver um momento de amor.

Gilson com sua sanfona deu um show particular para todos que ali estavam

 Então, o dia amanheceu... E com ele todo o explendor deste lugar se fez presente, tomamos um delicioso café da manhã e depois o mar nos convidou para um banho maravilhoso.

Depois seguimos viagem de volta ao meu querido Recife/PE.

No meio do caminho olha só a paisagem de Japaratinga...

Encontramos um vendedor de um doce delicioso, aqui em Recife é conhecido como Japonês.

Encontramos novos lugares em São Bento de Maragogi/AL e almoçamos no bar do Mano.

Essa estrada é linda!

Bem, minha gente, ficamos por aqui. Que em 2015 encontremos muitos lugares interessantes e possamos mostrar a beleza da vida. "Saúde e paz o resto a gente corre atrás."

 
 
 

Texto: By Jacqueline

Fotos: By Alcides e Jacqueline

 

 

 

 

—————

03/12/2014 23:31

Atitude: isso pode mudar o mundo

Atitude: Isso pode mudar o mundo...
O que posso fazer a mais para transformar o mundo num lugar melhor? 
Pensei, pensei e respondi: posso levar um pouco de esperança aqueles que amanhã serão o nosso futuro. Então reuni um monte de amigos,  amigos de amigos e juntos com o Mão Amiga do muribeca.com/ levamos o sorriso até  as crianças do conjunto habitacional Brasil novo,  mais conhecido como a  Sapolândia e fizemos uma manhã diferente. Contamos com a ajuda da senhora Rosymere, que nos cedeu a sua sala para montarmos quase uma loja de brinquedos. De um lado meninas do outro meninos e assim entravam um a um e escolhida seu brinquedo. 

 
 

 

 Depois passavam no corredor e pegavam biscoitos, refrigerantes e balas.

 Dona Lindalva ficou responsável pela distribuição dos brinquedos e de cachorro quente na favela Ponte Preta,  que fica entre Recife e Olinda. 


Levamos também brinquedos especializados para o instituto dos cegos de Pernambuco. Lá, pude conversar com a irmã Maria que é a diretora da instituição. Ela nos contou que estão precisando de voluntário para ler, pois existem muitas crianças que não conseguem fazer suas tarefas, pois necessitam que alguém que leia para elas o livro de tarefas. Fica a dica! 

Irmã Maria Gomes, Kátia Martins ( secretária) Beatriz Martins ( Jovem aprendiz) 


Com essa  pequena ação, fizemos essas crianças acreditarem, que mesmo nas dificuldades há sempre uma esperança...
Não interessa o tamanho da sua ação para fazer o mundo melhor. O importante é começar e isso só depende inteiramente de nós,  só de nós... Então,  aperte a tecla "Start".
Acredito que por menor que isso possa parecer,  fará uma diferença na vida dessas crianças, pois quando elas pensavam que não existiria dia das crianças,  os brinquedos chegaram.

 

Texto: By Jacqueline

Fotos: By Alcides e Jacqueline

—————

09/08/2014 21:26

São Paulo

 

Alguma coisa acontece no meu coração
Que só quando cruza a Ipiranga e a avenida São João
É que quando eu cheguei por aqui eu nada entendi
Da dura poesia concreta de tuas esquinas
Da deselegância discreta de tuas meninas

Ainda não havia para mim, Rita Lee
A tua mais completa tradução
Alguma coisa acontece no meu coração
Que só quando cruza a Ipiranga e a avenida São João... Caetano Veloso

Fascinante, São Paulo é uma metrópole superlativa em tudo, inclusive na diversidade. Efervescente caldeirão de estilos e culturas onde convivem pessoas de mais de 70 nacionalidades, também é um grande centro de entretenimento: são mais de 280 salas de cinema, 180 teatros, mais de 90 centros culturais e 110 museus, além de inúmeras casas noturnas dos mais diversos estilos para uma das noites mais agitadas do planeta. Sem falar nas compras – com 79 shoppings e dezenas de ruas de comércio especializado. E na gastronomia – há mais de 12,5 mil restaurantes, com 52 tipos de cozinha de todas as partes do mundo. Por motivos assim, vale muito a pena descobrir esta cidade global, repleta de conhecimento, tendências, cheiros e cores.

http://www.cidadedesaopaulo.com/sp/br/o-que-visitar
 
 
 

Andar sentindo o vento frio em meu rosto em plena avenida Paulista é uma emoção sem igual.  Tava me sentindo tão feliz,  realizada, orgulhosa de mim mesma. Cheguei a lembrar da Champs-Elysées em Paris, é simplesmente,  magnífico. Quando você enfrenta o medo,  apesar de senti-lo, você se sente forte, vitoriosa.  Mesmo que você sinta ainda outros medos,  mas você conseguiu o seu objetivo e isso é o que importa. Vamos por partes. Um de cada vez, e tudo no seu tempo. 

Foram dias maravilhosos, estive no hotel L'Porto Bay na Alameda campinas, que era tudo de bom... Tinha um SPA onde pude desfrutar de momentos de intenso relax e renovar as energias, eu recomendo!

 
 

Aproveitei as liquidações de inverno, bati muita perna. kkkkkkkkkk

Passamos um dia inteiro caminhando e fazendo compras no bairro da Liberdade, pausa para o almoço e depois fomos rumo ao Mercado Munincipal, lógico demos uma passadinha básica na 25 de Março, onde tudo acontece. Andamos muito de metrô.

A noite encontramos amigos queridos da época em que eu morava em Campinas/SP e fomos jantar em um restaurante tailandês na Consoloção chamado Mestiço, super indico, uma comida de sabor forte, exótico e delicioso. Comemos uma coisa deliciosa de entrada chamada: Krathong-thong, cestinhas tailandesas de massa crocante, recheada com carne, milho e especiarias

 

hummmmmmmm!

No dia seguinte ficamos mesmo pelo bairro dos Jardins, que maravilha!

Caminhamos pela Haadock Lobo, almoçamos no delicioso restaurante París 6, continuamos nossa caminhada pela rua Augusta ,Alameda Santos e Avenida Paulista.

 
 

Olha, São Paulo, é puro glamour! 

 

Fotos: By Jacqueline e Alcides

Fontes: http://www.cidadedesaopaulo.com/sp/br/o-que-visitar,

—————

11/06/2014 22:28

Retiro budista com Jetsunma- Maio/2014

Passei um final de semana num retiro Budista num hotel na cidade do Jaboatão dos Guararapes, Pernambuco, Brasil. Olha, foi muito bom ter tirado esse momento para mim.  O tema foi sobre Aprofundamento na Meditação e Sabedoria do Budismo coma a monja Jetsunma Tenzin Palmo, eu diria que causou um grande rebuliço dentro de mim... Kkkkkkkkkkkk. 

Durante o sábado eu senti um leve enjoo, tive uma diurese intensa, minha amiga revelou que sentiu muita náusea,  diarreia. Foi como tivéssemos fazendo uma limpeza interior. Todos os momentos das palestras foram maravilhosos. Logo pela manhã fazíamos o exercício de Chi Kung (Qi Kong) é uma técnica milenar Chinesa de treino interior, objectivando o equilíbrio do indivíduo como um todo: físico, mental e espiritual. "Chi" significa energia em todas as manifestações. "Kung" significa treino ou capacidade adquirida com o treino.No entanto, para se obter os benefícios na íntegra, são necessários treinos regulares, disciplina e aplicação prática da filosofia do dia a dia. 

A maioria dos praticantes de Chi Kung em pouco tempo passa a sentir seus efeitos: maior capacidade de concentração, memória, auto-controle, sabedoria, saúde. etc. 

A técnica é destinada a todos que procuram a saúde e o equilíbrio e pode ser praticado por pessoas de qualquer faixa etária. Depois Tomavamos um delicioso café da manhã e então tínhamos o encontro com a monja Jetsunma, fiz um pequeno resumo das suas palestras neste encontro e deixo aqui para vocês conferirem. Não sei o que ocorreu, mas posso dizer que sinto muitas transformações, passei a ver a vida de maneira mais sutil, passei a quase não comer mais carne vermelha, parece que perdi o prazer de saboreá-la, tenho despertado a vontade de cozinhar,  plantar, tenho feito regularmente o exercício e a meditação e isso tem me trazido uma paz muito grande em meu interior. Venho descobrindo novos sabores,  parece que a saída da carne vermelha abriu um espaço mais amplo em meu cardápio. No domingo, foi a finalização do encontro e tomamos o refúgio,  são votos que você faz,  mas você só faz aqueles que você sabe que vai cumprir. É um momento muito bonito e de intensa emoção. Olhar bem no fundo daqueles olhos e sentir a força,  a coragem, a beleza, a suavidade e determinação que eles nos transmitem são sem igual. Voltei para casa mais leve,  mais serena e hoje, sinto a vida fluir mais feliz.

 

Resumo de suas palestras:

O problema está em nós, mas nossa mente é perfeita.

Precisamos buscar esse “EU” que controla tudo.

Ter a mente clara é o primeiro passo não o último para buscar a nossa verdadeira situação.

Meditação- como é simples, porém as pessoas não conseguem, porque elas acreditam que a mente não pode parar. É muito perturbador ter a consciência de que ela não para.

Uma mente relaxada e centrada é muito mais eficiente.

A meditação budista hoje é aceita em qualquer tradição, independe da religião.

Humildade não é ser rigoroso consigo mesmo isso é baixa autoestima.

Que eu possa ser feliz, que eu possa encontrar o equilíbrio...

Bondade amorosa, compaixão primeiro conosco, depois com  as pessoas que amamos e depois com os inimigos.

Primeiro devemos curar o meu “EU”.

A prática da respiração é um objetivo da meditação, pois estamos sempre respirando. É algo que podemos controlar e ela tem uma relação íntima com o nosso estado mental. Não respiramos nem no futuro, nem no passado, só no agora. Perceba sem pensar, aí sim, estamos no presente. E quando isso acontece, consigo perceber melhor, sinto-me à vontade e assimilando melhor, estou “aqui e agora”.

Minha mente está calma, serena, no presente. Absolutamente, aqui, o mundo lá fora não existe.

Nossas ações e fala ainda está muito ligada ao nosso pensamento. E nós não paramos para analisar os nossos pensamentos.

Sente na beira do rio e apenas observe... Não o deixe lhe levar nem nada conter ele.

Assim é com os pensamentos, apenas observar sem julgar... Como bolhas de sabão.

 Nossa mente é comparada a um rio,quanto maior e mais profunda a concentração é como se estivéssemos no encontro do rio com o mar.

A mente pensante não é um problema, nós precisamos apenas ter consciência dela.

Apenas relaxe e deixe os pensamentos surgirem e observe. Então, possa ser que num intervalo de um pensamento e outro nós consigamos ter o vazio e observamos a natureza da mente.

Só assim, então, podemos perceber que nós não somos quem nós pensamos ser.

O nosso objetivo é perceber isto. O que nós não somos.

Nós não vamos fazer um exercício intelectual, vamos apenas observar. Isso não é um jogo intelectual, é um exame da natureza do pensamento.

Esse olhar para dentro é como se a gente estivesse despindo uma cebola e fosse chegar a essência dela. Mas e se não tiver uma essência? Então precisamos criar um espaço em nossa mente, ela está como uma casa cheia de mobília.

Quando a mente está limpa o vento entra sem bater em nada. E tudo fica mais claro e enxergamos as coisas como elas são.

Então, nesta consciência aberta, aparece a alegria, surgem de maneira natural como borbulhas...

Esta prática está disponível para todos, basta praticar. Cada passo que a gente dá na meditação é um ganho para nós e para nos tornar um ser humano melhor.

Com essa mente nós adicionamos valores a nossa sociedade. Se tiver algo que podemos ter na vida, é ter uma mente mais clara, calma e isso a gente pode fazer. Faremos passo a passo...

O que é realmente importante?

Cultive sua mente. Lembre que você sempre pode fazer mais...

Ser Buda é uma questão de mudar o que nós já somos.

O Hotel

A praia de Piedade

O exercício Chi Kung

O retiro

Jetsunma Tenzin Palmo

Refúgio

Valeu,valeu,valeu!

 

Texto: By Jacqueline

Fotos: By Jacqueline e Silvana

Fonte de pesquisa: http://sakuracentroterapias.blogspot.com.br/2011/01/chi-kung.html

 

 

—————

22/05/2014 20:40

Batalha Interior

Tirei uma folga no feriado de Páscoa e coloquei em dia minhas leituras... O escolhido foi Batalha Interior, escolhas da vida de Fabrício Maurício.
Um livro gostoso de ler com um conteúdo das nossas batalhas do dia a dia. Nossa luta com o ego, o ID e o superego, as nossas dúvidas das nossas escolhas. Gostei muito, pude aprender muito com ele e fiz algumas pequenas modificações no meu pensar e no meu agir depois desta leitura, eu recomendo!

 

DIFERENTEMENTE DOS LIVROS DE AUTO-AJUDA QUE EU JÁ LÍ, O LIVRO BATALHA INTERIOR DO ESCRITOR Fabrício Maurício de Oliveira, NOS CONVIDA A FAZER UMA VIAGEM DIFERENCIADA, NOS AJUDA A BUSCARMOS AQUILO O QUE PERDEMOS DENTRO DE NÓS MESMOS, NOS INDUZ A PENSAR QUAIS SÃO AS NOSSAS PRIORIDADES ENQUANTO SERES VIVENTES, E A VALORIZARMOS CADA MINUTO DE VIDA.

 Cidinho Silva

Fiz um pequeno resumo, vou colocar aquilo que mais me chamou a atenção, espero que vocês gostem. Vamos lá? 


No prefácio o Alexandre Lobão,  escreveu assim... " Livros não mudam o mundo.  Livros mudam pessoas. Pessoas mudam o mundo. A frase é de Mário Quintana mas, apesar de verdadeira, é importante dizer que poucos livros atingem a plenitude deste potencial transformador.
É de personagens que lutam, vivem e aprendem com suas batalhas interiores de que se trata este livro. 
No prólogo:
Sem dinheiro, as pessoas escolhe seus caminhos para tão somente subsistir, e, em geral,  são infelizes ao longo de sua jornada terrena. Com a infelicidade vêm os conflitos internos. A isso chamo de Batalha Interior!
Essa obra te convida a um encontro consigo mesmo, para que se conheça melhor e dessa forma possa dominar com maior mestria seus conflitos internos. Sua Batalha Interior. 


Frases que deram muito sentido em minhas buscas e me ajudaram nas minhas pequenas mudanças...


- Como ajudar alguém sem antes se ajudar? Primeiro você precisa se curar por completo, para então poder promover a cura!

- Aprendi que a razão sozinha não é suficiente para nos dar todas as respostas que buscamos e que a emoção nos revela que nem tudo tem resposta.

.- O universo não ignora os esforços de quem o constrói. Você não pode dar menos se tem mais, nem tampouco esperar da vida mais se deu menos.

- Os homens têm capacidades superiores, cada qual tem uma missão muito específica. Animais e plantas são plurais. Homens são singulares.

- A dúvida que me corrói e faz arder e não para de martelar em minha cabeça uivando a todo instante é: devo aceitar as coisas como são e então buscar a felicidade nisso me contentando com o"muito"que já tenho, ou ir em busca de minhas aspirações mais originais e sinceras? Não sei... Acredito de verdade que a vida deve ser muito mais do que isso... Vou busca!

- Já ouviu falar de algum leão sofrendo por sua condição de predador? Imagine só um leão amargurado porque precisa matar outro animal para sobreviver! Ele simplesmente segue seu destino, seu instinto. Você é mais do que isso, com o ser humano é diferente. Sua essência não veio de fábrica. Precisa encontrá-la e só buscando significado verdadeiro para sua missão de vida será possível esse encontro que geralmente tem a iniciativa dela.

- Simplesmente são flores. As melhores flores que puderem ser. Desabrocharão no tempo certo, não importa o quanto esperem. Sentirão o sabor de cada segundo enquanto estiverem arregaladas para o universo e não vão chorar quando as pétalas começarem a cair, pois sabem que faz parte do seu ciclo. É a sua essência.

- Só se conhecendo melhor terá condições de verdadeiramente evoluir.  Precisa usar suas emoções para pensar e não pensar com suas emoções. 
- Você como poucos mortais teve a oportunidade de olhar para a vida que teve e descobrir que não era a vida que queria e ainda ter outra de volta.
- Um conselho... Siga sua missão! Àquela que você escolheu para você,  não a que os outros gostariam que cumprisse!

 

Texto: By Jacqueline

Trecho tirado do livro: Batalha Interior, escolhas da vida, de Fabrício Maurício.

Fotos: By Alcides e Jacqueline

 

—————

12/05/2014 22:14

Relacionamentos, palestra dada pelo Lama Jigme Lhawang

Sempre estamos em busca de respostas para como se relacionar de uma forma melhor com as pessoas, o Lama Jigme Lhawang deu uma palestra neste mês , mas não deu para eu ir, então, minha linda amiga Nazilda Coelho foi até lá e fez um pequeno resumo para nós... Vamos conferir?

 

É importante ter aspirações na relação . Aspirações para os dois . Quando estamos repetindo padrões nos relacionamentos a questão não está nas outras pessoas e sim em nós .  

Apego: quero que você me faça feliz. 

Amor :quero que você seja feliz .

Três níveis na relação :

Externo(o que eu quero ou não numa relação) 

 Interno, quando a gente tem compaixão, quando surgem dificuldades elas surgem para alimentar compaixão ,paciência ,sabedoria(quero que você seja feliz). 

O último nível é o secreto está ligado a simplicidade . Entender que temos carências e entender de que forma podemos utilizar a carência para nosso desenvolvimento e não ter que se livrar das carências e dos sentimentos negativos(raiva,arrogância, ciúme ...) olhar e buscar a consciência que é lucidez,paciência ,amor . Dar espaço para compreender.
O aspecto feminino representa a sabedoria  e o masculino a proteção .

O movimento do universo é ativado pela sabedoria . Todo movimento é masculino 
Não vamos abandonar as emoções e sim transformar dando espaço para elas .
A tensão não vem pelo movimento da mente e sim pela não permissão ao movimento .
Minhas considerações ( Nazilda Coelho - Psicóloga)
Vejo que não fomos educados para aceitar os sentimentos negativos ,por isso negamos e quando aceitamos e expressamos isso inquieta o outro porque para ele ,ele terá que dar conta das nossas carências ,quando na verdade somos nós mesmos quem devemos dar conta delas.

 

—————

23/04/2014 20:22

Em terras alagoanas, nós encontramos o paraíso... Praia do Toque

 

   Feriadão de páscoa chegou, e para não perder o hábito, pegamos nossas mochilas e saímos estrada afora. Nosso destino é a praia do toque, em São Miguel dos Milagres-Alagoas. Abastecemos nosso carro com 35 litros de gasolina e pegamos a estrada.  Nosso percurso será pela BR 101 sul, chegando no Cabo de Santo Agostinho, pegamos a PE-060.  Em nossa viagem vamos percorrer 158 km, entre Recife Japaratinga, no litoral norte de Alagoas. Em Japaratinga temos uma parada obrigatória, fazemos a travessia do rio Manguaba de barco.  Uma enorme balsa atravessa nossos carros até São Miguel dos Milagres. Já em solo firme, percorremos mais 14 km até chegarmos à  pousada Villas Taturé, (local em que posso chamar de paraíso), na verdade é uma fazenda de coqueiros que da entrada até chegar á pousada ainda percorremos mais de um quilometro. Ficamos surpresos com a beleza do lugar, parece até uma praia particular, um verdadeiro paraíso, um pedaço da “terra prometida” em pleno nordeste brasileiro.  Aqui, nos sentimos em contato direto com o melhor que a natureza nos oferece. Sanhaçus e jandaias cantam o dia todo nas copas dos coqueirais que se expandem por quilômetros á beira mar. Pela manhã fomos á praia caminhar e bater algumas fotos, o que encontramos foi um mar lindo, calmo, águas límpidas e de um azul belíssimo.  À noite, nos maravilhamos com o “bordado” de estrelas exposto num céu sem igual, acompanhado de um exuberante esplendor do luar. O mais surpreendente é que independente do horário, não se vê ninguém na praia, bati várias fotos e sem imagem de pessoas.  Nos vilarejos, encontramos bons restaurantes com um saboroso e variado cardápio com ótimos preços, visitamos o Buda bistrô e o restaurante do Enildo. Na pousada,fomos tratados como rei e rainha, uma hospitalidade diferenciada com locais exclusivos para jantar, almoço ou café da manhã romântico. Tratamento vip tanto dos funcionários como principalmente dos proprietários Gilson Neto e Sarita Pessoa de Melo.  Nós, e todos os hóspedes, ainda tivemos o privilégio de curtir um show particular do Gilson Neto que além de proprietário da pousada, é dono e sanfoneiro da banda Brucelose, tudo isso sob a luz de um lindíssimo luar. O mais fantástico é que os sons que se escuta é o barulho do mar, o canto dos pássaros e o vai e vem das palhas dos coqueiros sendo movidas pelo vento. Lugar perfeito para quem quer se desligar da selva de pedra e dar um pouco de qualidade de vida a quem tanto trabalha.

 - O sol Brilhava intensamente, estávamos prontos para mais uma aventura de carro... levamos na camisa e no coração Pernambuco e na mente a grande expectativa para o que esta viagem nos reservava. Seguindo a nossa trilha, encontramos o paraíso, Vem com a gente!

 

Reserva biológica de Saltinho- Tamandaré/ PE

Japaratinga/ AL

Balsa que atravessa o rio Manguaba, que nos levará ao paraíso...

O tempo para atravessar é mais ou menos 5 minutos, mas esperar pela balsa em pleno feriado levou 1h.

São Miguel dos Milagres, Porto das Pedras.

Restaurante do Enildo

Buda Bistrô, uma comida excelente, comi um filé de sirigado com amendoim, batata doce frita e arroz, pense, numa comida arretada!

Vou, agora, lhe mostrar o paraíso... A praia do Toque.

 Sarita, eu e Gilson, eles são os proprietários da pousada Villas de Taturé

Show particular de Gilson e sua sanfona... Mas isso só acontece quando ele não está fazendo show com sua banda Brucelose.

 

Texto: By Alcides e Jacqueline

Fotos: By Alcides e Jacqueline

 
 
 
 

—————



Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!