blog da Jac


Coragem de amar

12/05/2013 22:53

 

A coragem de amar

 

 

Em seu livro Coragem O prazer de viver perigosamente, Osho fala sobre a coragem de amar, vou colocar alguns trechos do livro, eu me apaixonei por esse livro. Vocês precisam ler, é simplesmente maravilhoso.

 

“O medo não é nada mais que ausência de amor. Faça algo com amor, esqueça o medo. Se você ama bastante, o medo desaparece.

A escuridão não existe, você não pode acabar com ela. Faça o que fizer, você não pode acabar com ela. Não pode trazê-la, não pode projetá-la. Se quiser fazer alguma coisa com a escuridão, terá que fazer alguma coisa com a luz, pois só podemos estabelecer relação com algo que tenha existência própria.

 Medo é escuridão. É ausência de amor.

Não lute contra o medo; do contrário, você ficará cada vez mais amedrontado e um novo medo invadirá seu ser: o medo do medo, que é muito perigoso. Em primeiro lugar, o medo é uma ausência e, em segundo, o medo do medo é o medo da ausência da ausência. Então você enlouquece.

O medo nada mais é que ausência de amor. Faça algo com amor, esqueça o medo. Se você ama bastante, o medo desaparece. Se ama profundamente, você não sente medo.

Quando você amou alguém, mesmo que por um instante, você sentiu medo? O medo não existe em nenhum relacionamento em que, mesmo que por um único instante, duas pessoas se amaram profundamente e aconteceu um encontro, elas entraram em sintonia- neste momento não sentem medo.

 Se você sente que existe medo em seu ser, ame mais. Seja corajoso ao amar; tenha coragem. Seja aventureiro no amor; ame mais e ame incondicionalmente, porque quanto mais você ama menos medo sente. E, quando eu digo amor, quero dizer todas as quatro camadas do amor, do sexo ao samadhi.

Ame as pessoas-incondicionalmente. Se tiver algumas condições em mente, você nunca será capaz de amar; essas condições virarão barreiras. Se o amor faz bem a você , por que se importar com condições? Se faz tão bem, se causa um bem-estar tão profundo-ame incondicionalmente, não peça nada em troca. Se você entender que só amando aumentará seu destemor, você  amará apenas pelo prazer que isso lhe dá!

Se você não ama de todo o coração, está barganhando. Você quer forçar a outra pessoa a fazer alguma coisa por você, só então você ama; do contrário, você trairá seu amor. Você está usando seu amor como uma punição, ou como uma imposição, mas não está amando.

O amor virou uma exigência:” O outro não me ama”. Esqueça o outro! O amor é um fenômeno tão lindo, se você ama você usufrui.

E quanto mais ama, mais cativante você fica. Quanto menos ama, mais você exige que os outros o amem, e menos cativante você fica, mais se fecha, mais se confina em seu ego.

Se você entende o que eu digo, deixe de lado todos os medos e ame mais- ame incondicionalmente. Não pense que você está fazendo algo pelos outros quando ama; você está fazendo algo por si mesmo. Quando ama, isso faz bem para você. Então não espere; não diga que vai amar quando os outros amarem- isso absolutamente não importa.

Seja egoísta. O amor é egoísta. Ame as pessoas- isso fará com que se sinta cada vez mais abençoado.

E, quando o amor se aprofunda, o medo é a escuridão.

SÓ EXISTE UMA POBREZA E ESSA POBREZA É O CORAÇÃO QUE NÃO SABE AMAR.”

 
 

 

Trecho retirado do livro: Coragem, o prazer de viver perigosamente de OSHO.

Texto: By Jacqueline

—————

Voltar



Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!