blog da Jac


sucesso é ser feliz

25/03/2012 22:01

 

 

 

DESPERDIÇAR A VIDA

Infelicidade é acumular desperdícios. 

A maioria das pessoas costuma jogar fora as oportunidades. 
Não consegue aproveitar o tempo, não valoriza o amor, não desenvolve a capacidade criativa.
Hoje, fala-se muito em desperdícios materiais - como energia elétrica, água, dinheiro. Mas o pior de todos eles é o da vida.
Quem se propõe a apenas acumular dinheiro perda a oportunidade de conviver com o filho, com a pessoa amada e consigo próprio. 
Quem se preocupa muito com segurança, ignora as oportunidades profissionais e amorosas.
Muitos desperdiçam suas vidas colecionando bobagens. 
Grandes coleções de cursos inacabados, amores frustrados, projetos engavetados, centenas de livros não lidos, relações sem afeto, sapatos não usados, casas de praia abandonadas. 
Há até quem sinta mais orgulho em mostrar sua coleção de vinhos do que em saboreá-los. 
São quinquilharias que ocupam o espaço reservado a novas criações. 
Por exemplo, quando sofremos uma desilusão amorosa, essa frustração ocupa o espaço de um novo amor.
Além disso, as quinquilharias consomem a energia necessária para construir coisas novas, e criam ilusões do tipo:
"se eu tivesse me dedicado mais, o resultado seria diferente".
Pura ilusão. O que já foi, já foi.
O importante é fazer a limpeza. Em casa, no escritório e - principalmente - no coração.
Mas não confunda: 
colecionar quinquilharias que não levam a nada é completamente diferente de colecionar boas recordações, momentos de intimidade, superação de desafios, aproximação de amigos...

Assim, é fundamental definir o que é importante e separar o lixo, para ter uma vida mais fluída. 

(texto de Roberto Shinyashiki no livro "O Sucesso é ser Feliz") http://www.geocities.ws/mestredaluz/desperdicaravida.html

 

   As vezes é muito difícil virarmos as páginas do nosso livro da vida, insistimos em nossos erros, temos medo do novo. Acho que temos aqui uma grande dica para comerçarmos as nossas mudanças. Vivo com muita intensidade tudo aquilo que me proponho a viver, sou feliz,pois não aceito viver sem o prazer de viver. Busco sempre fazer aquilo que me proponho a fazer, não aceito as convenções, os modelos... sou muito feliz e busco fazer tudo com muita alegria, paz e sempre muito amor. Sei que erro, também ninguém é perfeito, mas sigo buscando, sempre, o sucesso de ser feliz.

Trecho do livro: o sucesso é ser feliz- Roberto Shinyashiki

Texto: By Jacqueline

Foto: By Jacqueline


 

—————

Voltar



Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Design profissional
  • Criação super fácil

Este site foi criado com Webnode. Crie o seu de graça agora!